Mensagem do escritor e jornalista brasileiro Raul Longo

Estándar

raul-longo-DSC_6738Assim como nem todo alemão era nazista e nem todo estadunidense é imperialista, muitos são os judeus que não se alimentam do ódio e da ganância sionista.

E estão por todo o mundo ao longo de toda a história. Dos que foram para os campos de extermínio de Hitler a grande maioria era de judeus socialistas. Dos sionistas não se tem notícia de nenhum, embora financiados por gente como o judeu/alemão Rothschild, um nos nomes que jamais constou nas listas dos condenados por aquele regime tão fielmente copiado na ocupação da Palestina.

Um desses judeus é minha amiga Tali Feld Gleiser, nascida no Chile e que viveu na Argentina e em Florianópolis, Brasil.

Tali levou seu talento e sensibilidade para a República Dominicana onde prossegue sua militância contra a intolerância e a opressão dos povos e de lá, junto com o também judeu/argentino Julio Rudman, tenta mostrar ao mundo que existem judeus livres e empenhados em libertar seu próprio do encarceramento moral e mental em que os sionistas confinaram o povo de Israel.

Todos os que se engajam na luta pela causa Palestina devem visitar esse link da verdadeira e real causa judia porque à liberdade de judeus e palestinos está inquebrantavelmente unida numa única luta que deve ser tão assídua e coesa quanto foi e tem de continuar sendo a luta contra o nazi fascismo dos quais o sionismo em nada se diferencia.

“Los Otros Judíos – Porque nos negamos a aceptar que sionismo y judaísmo son sinónimos” é mais que informativo. É uma plataforma pela paz no Oriente Médio.

Utilize-a para ajudar a libertar judeus e palestinos espalhados por todo o mundo. Veja, assista, leia e comente: https://losotrosjudios.com/

Foto: http://sambaquinarede2.blogspot.com/2010/02/blog-post_04.html

Anuncios

Los comentarios están cerrados.